Tu navegador (Internet Explorer 7 o anterior) está obsoleto. Tiene fallas de seguridad y no puede mostrar todas las características de este y otros sitios web. Aprende a actualizar su navegador.

X

Navegar / buscar

40 DIAS COM CALASANZ

Desde el Equipo de Pastoral Vocacional de Bolivia han lanzado una interesante iniciativa presentando desde 40 días antes de la celebración de Calasanz, el 25 de agosto, un recorrido con una frase del santo y una propuesta de acción.

Merece la pena conocer estos 40 carteles, difundirlos y llevarlos a la práctica.

Los encontramos, añadiendo cada día el que corresponde, en https://www.facebook.com/pg/escolapiosbrasilbolivia/photos/?tab=album&album_id=1001098893642653

Da equipe do ministério vocacional na Bolívia o lançaram uma iniciativa interessante, apresentando 40 dias antes da celebração de Calasanz, em 25 de agosto, um passeio com uma frase do santo e uma proposta de ação.

Vale a pena conhecer esses 40 pôsteres, espalhando-os e colocando-os em prática.

Nós os encontramos, adicionando a cada dia o correspondente, em https://www.facebook.com/pg/escolapiosbrasilbolivia/photos/?tab=album&album_id=1001098893642653

ENCONTRO DE COMUNIDADES CONJUNTAS DA BOLÍVIA

Este viernes 24 de julio hemos tenido un encuentro virtual de las tres comunidades conjuntas, formadas por escolapios religiosos y laicos, Provincia y Fraternidad de Bolivia: Anzaldo, Cochabamba y Santa Cruz. En él, hemos compartido la reflexión sobre nuestra vivencia comunitaria con vistas a realizar nuestra aportación a la Orden sobre este tema. Se trata de un fraternal encuentro que nos ayuda a valorar la gran riqueza que suponen nuestras comunidades para la vida y la misión escolapias.

Nesta sexta-feira, 24 de julho, tivemos uma reunião virtual das três comunidades conjuntas, compostas por escolápios, religiosos e leigos, da Província e da Fraternidade na Bolívia: Anzaldo, Cochabamba e Santa Cruz. Nela, compartilhamos a reflexão sobre a experiência da nossa comunidade, com o objetivo de contribuir com a Ordem neste assunto. É uma reunião fraterna que nos ajuda a apreciar a grande riqueza que nossas comunidades representam para a vida e missão escolápias.

CONVERSÃO PASTORAL DAPARÓQUIA AO SERVIÇO DA EVANGELIZAÇÃO

CONVERSIÓN PASTORAL DE LA PARROQUIA
AL SERVICIO DE LA EVANGELIZACIÓN

Ayer, 20 de julio, fue publicado este interesante documento sobre la necesaria forma de ser parroquia hoy.

Lo encontramos en https://press.vatican.va/content/salastampa/es/bollettino/pubblico/2020/07/20/inst.html

Ontem, 20 de julho, foi publicado este interessante documento sobre a maneira necessária de ser uma paróquia hoje.

Nós o encontramos em https://press.vatican.va/content/salastampa/es/bollettino/pubblico/2020/07/20/inst.html

e também em https://www.vaticannews.va/pt/vaticano/news/2020-07/paroquia-evangelizacao-instrucao-congregacao-clero.html

16 de julho, 70 ANOS DE PRESENÇA ESCOLÁPIA EM BRASIL

El 16 de julio de 1950 llegó a Río de Janeiro el P. Francisco Orcoyen, que pocos meses después de traslada a Belo Horizonte para recibir a otros hermanos, para iniciar la primera comunidad y presencia escolapia y para, al cabo de poco tiempo más, iniciar las clases en lo que ahora es el Colegio São Miguel Arcanjo.

Estos acontecimientos hay que celebrarlos para tomar conciencia de las personas que han hecho posible lo que hoy somos los escolapios, para dar gracias a Dios por esta bella historia y para pedirle que nos siga acompañando en este camino escolapio de educar con una propuesta cristiana que pue transformar las personas y el mundo en que nos encontramos.

Em 16 de julho de 1950, o Pe. Francisco Orcoyen chegou ao Rio de Janeiro, que foi para Belo Horizonte e alguns meses depois pode receber outros irmãos, iniciar a primeira comunidade e presença escolápia e, depois de pouco tempo, iniciar aulas no que hoje é o Colégio São Miguel Arcanjo.

Estes eventos devem ser celebrados para nos conscientizar das pessoas que tornaram possível o que hoje nós, os escolápios , para agradecer a Deus por essa bela história e pedir que Ele possa continuar acompanhando essa maneira escolápia de educar com uma proposta cristã que pode transformar as pessoas e o mundo em que nos encontramos.

PARA INICIAR E DESENVOLVER A FRATERNIDADE ESCOLÁPIA (em espanhol e português)

El Consejo de la Fraternidad General, a través de uno de sus miembros (el P. Javier), ha preparado un libro de necesaria lectura y estudio para quienes desean comenzar una Fraternidad y para quienes desean seguir avanzando como Fraternidad.

Además de los testimonios de muchas personas de las fraternidades, ofrece una reflexión teórica como marco, algunas de las novedades que aporta la Fraternidad y muchas propuestas concretas que nos ayudan en el caminar de la Fraternidad, una todavía nueva realidad escolapia que está llamada a ser un nuevo sujeto escolapio.

En español:

En portugués:

O Conselho da Fraternidade Geral, através de um de seus membros (o Pe. Javier), preparou um livro de leitura e estudo necessário para aqueles que desejam iniciar uma Fraternidade e para aqueles que desejam continuar avançando como Fraternidade.

Muitas pessoas das fraternidades oferecem uma reflexão teórica como estrutura, algumas das novidades que a Fraternidade contribui e muitas propostas concretas que nos ajudam na caminhada da Fraternidade, uma realidade escolápia ainda nova que é chamada para ser um novo sujeito escolápio.

Em espanhol:

Em português:

70 ANOS DE PRESENÇA ESCOLÁPIA NO BRASIL

El 16 de julio de 1950 llegaba a Río de Janeiro en Brasil, comenzando así una preciosa historia escolapia que ahora celebra 70 años con muchos frutos qye se pueden ver en las personas a las que se ha ido atendiendo en este tiempo y en las obras que continúan ofreciendo mucha acción educativa, evangelizadora y transformadora.

No dia 16 de julho de 1950,o Pe. Francisco Orcoyen chegava ao Rio de Janeiro começando assim a preciosa história dos escolápios no Brasil.

Nesses 70 anos, têm se passado muitos acontecimentos: o início das aulas em São Miguel (1951), a direção do colégio Ibituruna (1952), a presença em Boa Esperança (1953), a “Casa da praia” em Jacaraípe (1964),a presença em Santa Luzia (1966) e emVolta Redonda (1971),a Paróquia Nossa Senhora das Graças (1973), a Paróquia de São Marcos (1984), o Recanto Betim (1992), o Sonoro Despertar (1999),os leigos da Fraternidade enviados desde Pamplona (1999), o Centro social em GV (2002), o início oficial de Itaka – Escolápios (2006),a presença em Serra (2008),o Centro social em BH (2010), a Fraternidade escolápia (2011), o Recanto de Baguari (2013), a presença em Aracaju (2019)e muito mais com o GGN, as casas de formação, a pastoral do menor, o Movimento Calasanz… e, sobretudo,as pessoas, muitas pessoas que são o melhor dessa história. Temos agora um trabalho muito bom feito pelo Pe. Fernando apresentado essa caminhada escolápia no Brasil.

É bonito olhar para tráspela saudade, senão e também,para descobrir a mão de Deus nessa história. Temos que agradecer ao Senhor e também a todos que fizeram e continuam construindo essa história: religiosos, vocacionados, membros da Fraternidade e do Movimento Calasanz, colaboradores nas paróquias e nos colégios e nos centros sociais, nos projetos de Itaka – Escolápios, crianças, jovens, todos!

Lembrar esses 70 anos de história é útil também para renovar nosso compromisso com a missão escolápia de transformar nosso querido Brasil, através da educação, do anúncio do Evangelho, da solidariedade, da nossa vida feliz, seguindo Jesus, de nossas comunidades religiosas e da Fraternidade. É uma oportunidade para renovar nossa vocação escolápia, religiosa ou leiga, com fidelidade criativa, mantendo o carisma Calasanz de sempre e, ao mesmo tempo, atualizando-o para cada momento e situação que estamos vivendo.

Celebrar esses 70 anos é também aprenderdessa caminhada escolápia no Brasil, discernindo,no presente,os passos que temos que dar para responder a vontade do Senhor Jesus e as necessidades das pessoas e da sociedade, aprendendo da história e inventando um futuro melhor sempre em comunidade.

Ser parte, sentir-se parte dessa rede de pessoas, acontecimentos, decisões de 70 anos, com a confiança de que nosso labor vai ter continuidade por outros muitos anos, é um presente e uma motivação para renovar nossa vida escolápia.

Tomado de http://www.escolapios.org.br/noticias/713-70-anos-de-presenca-escolapia-no-brasil

MUDANÇAS NA PRESENÇA ESCOLÁPIA DE SERRA… E EM OUTROS LUGARES

Aprovechando este periodo vacacional se han producido unos cuantos cambios en la presencia escolapia de Serra y en las demás:

  • El P. José Carlos sale de Serra para un nuevo destino escolapio en Bolivia
  • El P. José Luis asume la coordinación del Equipo de Presencia Escolapia en Serra.
  • El P. Enivaldo sale de Belo Horizonte para Serra, como nuevo párroco de la Parroquia San José de Calasanz
  • Ivomar asume la dirección del Centro Social en Serra
  • El P. Victorien sale de Valadares para incorporarse a la comunidad de formación de Belo Horizonte
  • Peter, cuando los vuelos estén abiertos, vuelve a Camerún para incorporarse a aquella Provincia Escolapia en Bamenda.
  • Los jóvenes Rudy y Heyder pasan de la comunidad de formación a la comunidad del colegio en Belo Horizonte.
Characters Teams Showing Change Now And Groups 3d Rendering
Characters Teams Showing Change Now And Groups 3d Rendering

Aproveitando esse período de férias, houve algumas mudanças na presença escolápia de Serra e em outros lugares:

  • O Pe, José Carlos deixa Serra para um novo destino escolápio na Bolívia
  • O Pe. José Luis assume a coordenação da Equipe de presença escolápia na Serra.
  • O Pe. Enivaldo parte de Belo Horizonte para Serra, como novo pároco da paróquia de São José de Calasanz
  • Ivomar assume a direção do Centro Social da Serra
  • O Pe. Victorien deixa Valadares para formar parte da comunidade de formação de Belo Horizonte
  • Peter, quando os vôos estão abertos, retorna aos Camarões para a comunidade de Bamenda.
  • Os jovens Rudy e Heyder passam da comunidade de formação para a comunidade do colégio de Belo Horizonte

RENOVAÇÃO DA PROMESSA NA FRATERNIDADE

Ayer, 4 de julio, en Santa Cruz de la Sierra (Bolivia), Caterina y Jesús renovaron su promesa en la Fraternidad Escolapia.
Como todos sabemos, ellos llegaron hace ya casi dos años desde Venezuela para compartir con los religiosos escolapios la fe, la vida y la misión escolapias en comunidad conjunta de la Provincia y la Fraternidad, primero en Cochabamba y actualmente en Santa Cruz.
Nos alegramos de este compromiso renovado que nos muestra cómo el Señor llama a escolapios con distintas vocaciones y un mismo carisma.

Ontem, 4 de julho, em Santa Cruz de la Sierra (Bolívia), Caterina e Jesús renovaram sua promessa na Fraternidade Piarista.
Como todos sabemos, eles chegaram há quase dois anos da Venezuela para compartilhar com os religiosos piaristas a fé, vida e missão piaristas em uma comunidade conjunta da Província e da Fraternidade, primeiro em Cochabamba e atualmente em Santa Cruz.
Estamos satisfeitos com este compromisso renovado que nos mostra como o Senhor chama piaristas com diferentes vocações e o mesmo carisma.

VIDEO DO PAPA: «AS NOSSAS FAMÍLIAS»

“La familia tiene que ser protegida. Son muchos los peligros a los que está enfrentada: el ritmo de vida, el estrés… A veces los padres se olvidan de jugar con sus hijos.

La Iglesia tiene que animar y estar al lado de las familias ayudándolas a descubrir caminos que le permitan superar todas las dificultades.

Recemos para que las familias en el mundo de hoy sean acompañadas con amor, respeto y consejo. Y de modo especial, sean protegidas por los Estados”.

«A família tem que ser protegida. São muitos os perigos enfrentados por ela: o ritmo de vida, o stress… Às vezes, os pais esquecem-se de brincar com os filhos.

A Igreja tem que animar e estar ao lado das famílias, ajudando-as a descobrir caminhos que lhes permitam superar todas estas dificuldades.

Rezemos para que as famílias no mundo de hoje sejam acompanhadas com amor, respeito e conselho. E, de modo especial, que sejam protegidas pelos Estados.”